Reprodução

Submetida a um transplante de medula óssea no dia 23 de junho, a atriz Drica Moraes segue internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo boletim médico divulgado na manhã desta quarta-feira, 7, o estado de saúde de Drica é estável. Ela se recupera bem e não há sinais de infecção. A recuperação foi confirmada por exames laboratoriais realizados nesta terça-feira.

Leia abaixo o boletim do hospital sobre o estado da saúde da atriz.

“O Hospital Israelita Albert Einstein informa que foi constatada a recuperação (pega) da medula óssea da paciente Drica Moraes, submetida a um transplante de medula óssea no dia 23/06 com doador não aparentado encontrado através do Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (REDOME).

A recuperação foi confirmada por exames laboratoriais realizados ontem, dia 06/07. A paciente está bem, o quadro de saúde é estável, e não há sinais de infecções ou outras complicações.”

Há quatro meses Drica descobriu sofrer de leucemia mieloide aguda. No Rio, cidade onde a atriz vive com o filho Mateus, 1 ano, foi feito um tratamento para tentar evitar o transplante. Como o tratamento não surtiu o efeito esperado, houve a necessidade de se realizar o procedimento.

O doador de medula não é familiar da atriz e foi selecionado a partir de busca realizada no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea. A propabilidade de se encontrar um doador de medula compatível é de uma em 100 mil, segundo informações do Instituto Nacional de Câncer. São 1,4 milhão de doadores de medula cadastrados. Cerca de 1200 pessoas esperam por um doador atualmente.

Segundo a assessoria de imprensa do INCA (Instituto Nacional do Câncer), não existe um tempo médio de espera pela medula. “Como a questão da compatibilidade é genética, alguns pacientes encontram doador mais rapidamente que outros, que vão precisar procurar doador no exterior, por exemplo”, explica a assessoria de imprensa.