Reprodução

A atriz Carolina Dieckmann afirmou que uma traição pode até ser necessária para salvar um relacionamento. A declaração foi dada em entrevista à revista IstoÉ Gente desta semana. Segundo a atriz, o importante é não abalar a lealdade entre o casal.

– Ela pode ser perdoável, possível e até necessária, desde que não quebre a lealdade, não exponha o parceiro nem interfira no casamento.

Quando a questão é sexo, a intérprete de Diana em Passione afirmou que não gosta de coisas premeditadas e que praticar muitas vezes por semana não garante a felicidade em um casamento.

– Tem gente que acha que precisa fazer sexo cinco vezes por semana. Para mim, sexo não tem que ter cota. Um casal que transa cinco vezes na semana não é necessariamente feliz.

À publicação, Carolina ainda contou que não vê a gravidez da mesma forma que a maioria das pessoas. Ela confessou que durante as gestações de Davi (seu primeiro filho, fruto da relação com Marcos Frota) e de José (do casamento com seu atual marido, o diretor Tiago Worcman), ficou feia, gorda e de mau humor.