Britney Spears causou espanto ao aparecer com o couro cabeludo repleto de falhas esta semana. Depois de analisar a foto da cantora, o dermatologista Cyro Hirano – que cuida da ex-namorada de Adriano, Joana Machado, da dançarina Mirella Santos e de seu namorado, o cantor Latino – deu o diganóstico do problema da artista: Britney sofre de alopecia de tração. Segundo o médico, a doença é causada pelo excesso de megahair que ela faz há muito tempo. Informações do site EGO.

A alopecia se dá pela força de tração que os fios de megahair exercem sobre a raiz do cabelo, provocando a sua queda. Até o ato de escovar o megahair causa esse problema, explica o médico.

“Além do megahair, a química da tintura, dos descolorantes, dos alisamentos, todos eles colaboram para a alopecia. Para trata-la, é preciso procurar um dermatologista e parar imediatamente com todos os procedimentos de megahair e tintura, para deixar os fios nasceram naturalmente sem química”, explicou Cyro Hirano. Do contrário, diz o dermatologista, a pessoa poderá ficar calva para sempre.

Mas o fim da calvície de Britney pode estar nas mãos do brasileiro Flávio Priscot. O cabeleireiro especializado em megahair há 24 anos, contou que seu sonho é tratar da artista americana. Ele, que alongou os fios de Deborah Secco para viver a prostituta Bruna Surfistinha no cinema, o cabelo de Isis Valverde para a novela “Ti-ti-ti” e muitas outras atrizes, aponta o trabalho mal feito como o responsável pela alopecia de Britney.

“O cabelo dela é fino e foi feito nela um megahair de péssima qualidade, bem como a descoloração que ela se submete há anos. Quero ir para os Estados Unidos para cuidar da Britney”, disse Flávio.