Do Portal Extra

Marcos Harter, expulso do “Big Brother Brasil 17” nesta segunda-feira, tem mais problemas na Justiça. Ele está sendo processado por danos morais por uma antiga colega de trabalho. Elaine Cristina Minatti, funcionária de um hospital onde o médico atuou, em Diadema, em São Paulo, pede uma indenização de R$ 50 mil do médico. Segundo Patricia Zaparoli, advogada de Elaine, quando trabalhavam juntos Marcos teria compartilhado fotos dela em seu perfil no Facebook.

(Foto: Reprodução)

— Foi exposição na mídia. Ela era uma funcionária de um hospital onde ele trabalhava e Marcos postou fotos dela no Facebook dele — disse.

Marcos foi expulso do reality show na noite da última segunda-feira, depois de uma briga com Emily, sua namorada na casa. Porém, antes de deixar a casa do “Big Brother Brasil 17”, Marcos recebeu a visita de um oficial de justiça para assinar o mandado de citação, ato que da ciência ao acusado da existência de uma ação contra ele.

Para ler a matéria completa no Portal Extra clique aqui.