Do Portal TV e Famosos

Thiago Rodrigues e Cris Dias foram a bola da vez: em sua mais recente separação, o ator teria protagonizado uma cena na portaria do prédio do departamento de jornalismo da Globo, no Rio, onde a apresentadora trabalha. Mas barracos entre (ex-)casais famosos não são novidade e o UOL relembra alguns casos em que a etiqueta foi parar no espaço.

Paula Lavigne e Caetano Veloso

(Foto: Reprodução/Instagram)

Hoje está tudo bem entre eles, que reataram o casamento de 21 anos em 2016. Mas nem um dos mais respeitados casais do mundo da música conseguiu ficar totalmente civilizado durante uma separação. A empresária derrubou o portão da garagem do flat para onde o cantor e compositor havia se mudado. Ela não gostou nada de ouvir do porteiro, na ocasião, que não tinha autorização para entrar. “Acelerei. É o meu lado maluco, arrogante. Não acho bacana ter derrubado o portão”, afirmou ela, em entrevista à “Folha de S.Paulo”.

Carola e Chiquinho Scarpa

(Montagem: UOL)

O divórcio foi um escândalo: Carola procurou programas de TV como “Leão Livre” e “Programa do Ratinho”, para afirmar que o ex era bissexual. Segundo ela, o playboy foi flagrado na cama com dois homens, um travesti e um garoto de programa. O caso foi parar na Justiça, e Chiquinho exigiu que ela fosse proibida de usar o título de condessa e o seu sobrenome. Carola, então, adotou o título de princesa. Carola morreu em 2011 aos 40 anos.

Conheça mais separações e brigas nada discretas aqui.