Da Redação com assessoria

O sexto volume da série “Vozes do Paraná” será lançado nesta segunda-feira (25), às 19h30, no Vila Sophia – palacete construído no começo do século 20, na Rua Barão de Antonina, esquina com a Mateus Leme.  A obra do jornalista Aroldo Murá, publicada pela Editora Esplendor, traz o perfil de 30 personalidades da vida paranaenses e dá continuidade ao trabalho de pesquisa e levantamento de figuras públicas do estado, iniciado em 2008, na publicação do primeiro volume.

A escolha do local, segundo Aroldo Murá, define espíritos preocupados com acervo cultural do Paraná.  O casarão foi edificado por um construtor sueco para a família Muller e teve várias utilidades: foi sede do Arcebispado de Curitiba e residência do arcebispo Dom Manuel da Silveira D’Elboux, nos anos de 1950; abrigou por um período o restaurante Matterhorn, uma das melhores partes da memória gastronômica de Curitiba; foi sede de empresa de shoppings, e, depois, de uma cooperativa de crédito. Atualmente, abriga o escritório de advocacia Guimarães Vernalha & Pereira, que alugou o imóvel por 20 anos.  Nos últimos anos, Vila Sophia estava abandonada e, em parte, destruída por vândalos. O imóvel está voltando às marcas originais, inclusive como unidade de Interesse de Preservação para a cidade. Abriga peças preciosas restauradas, como uma imagem da Virgem, do final do século 19.

Nesta sexta edição do livro “Vozes do Paraná”, um apanhado de 640 páginas e 800 fotografias, são retratadas importantes personagens paranaenses, que se destacam em vários ramos de atividade, nas áreas pública ou privada, tal como o ex-prefeito de Curitiba, Saul Raiz e Paulo MacDonalds, ex-prefeito de Foz do Iguaçu; os empresários Miguel Krigsner, Pedro Muffato, Assis Gurgacz, Airton Oppitz, Fernando Fontana e Mário De Mari; os juristas Anderson Furlan, Clèmerson Merlin Clève e Luiz Fernando Pereira; os professores Antônio Felipe Wouk, Cleto de Assis, Francisco Borsari Netto, Léo Kriger, Maria Tereza de Queiróz Piacentini, Paulo Eugênio Anunciação e Cassiana Lacerda; os jornalistas João José Werzbitzki, Mara Cornelsen, Mauri Konig e Nilson Monteiro; lideres de entidades, como Conceição Barindelli, Ivo Simas Moreira, José Rodolfo Gonçalves Leite e Maria Eliza Paciornik; artistas como Jaime Zenamon, Maria Cheung e Adalice Araújo (em memoria). Também o falecido ex-deputado Elias Abraão.

Parte da renda da noite de autógrafos irá para obras sociais e culturais do Instituto Ciência e Fé de Curitiba.