MSN

Compadre Washington resolveu se pronunciar sobre a polêmica em torno do comercial em que chama uma atriz de “ordinária”. O músico afirmou que não teve a intenção de ofender o público feminino. ‘Não houve intenção alguma de ofensa à figura da mulher, uma vez que a palavra ‘ordinária’ se insere em um contexto de admiração a ela. A expressão, na propaganda, é seguida de outro bordão em que falo: ‘Assim você vai matar papai’, que tem a intenção de dar a ideia de ‘admiração pela mulher’. É um jeito meu de falar, uma forma que considero carinhosa de apelidar uma mulher’, explicou ao “Notícias da TV”.

Leia mais aqui.