Reprodução

Embora ainda não tenha estreado, a adaptação de “Rebelde” na Record poderá ser esticada a medida de seu desempenho em audiência e faturamento.

Segundo a coluna Canal 1, a novela, que será reescrita por Margareth Boury, tem condições de ter de dois a três anos de duração, podendo ser estendida ou encurtada à medida que os resultados vão surgindo.

No México, país o qual a Record está se inspirando para produzir “Rebelde”, a trama teve aproximadamente dois anos de duração.