Do Portal Veja

Luz fria, pose carrancuda… É quase impossível achar alguém que goste das próprias fotos 3×4, não é? O fotógrafo Felipe Borges passou por uma situação inusitada ao tentar mudar essa realidade – e fez um relato que teve mais de 60 000 curtidas no Facebook.

(Foto: Reprodução)

Tudo aconteceu quando Felipe teve que tirar foto para a carteira de motorista em Sete Lagoas (MG). Ao abrir um sorriso para a foto, soube pela atendente que a pose era contra as regras. “Este é um documento, não pode sorrir!”, justificou a moça. Segundo ele, nem a dona da clínica escapou do debate. “Ora senhor, são normas. Está no estatuto”, argumentou a segunda mulher.

Não satisfeito, ele insistiu para manter os dentes à mostra, pediu para ver o estatuto e, depois de muita discussão, assinou um termo se responsabilizando pela pose. De CNH em mãos, ele contou detalhes da saga no Facebook e acabou viralizando.

Para ler a matéria completa na Veja clique aqui.