Dolores Leis chamou a atenção por se parecer com Donald Trump. Foto: Paula Vazquez via AP

 

Uma mulher na Espanha acabou ficando famosa de forma inesperada após muitas pessoas repararem em sua semelhança com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

Um jornalista que estava fazendo uma reportagem em uma fazendo no noroeste da Espanha publicou no Instagram uma foto de Dolores Leis vestida em roupas de fazendeira com uma pá sobre seus ombros, e não demorou para que centenas de pessoas reagissem à publicação.

Desde então, a mulher de 64 anos recebeu pedidos para comentar sobre a política americana e assuntos de diplomacia – mesmo que ela tenha mostrado mais preocupação por uma praga que está ameaçando sua plantação de batatas.

“Eu digo que deve ser pela cor do cabelo”, disse Leis ao jornal La Voz de Galicia na última terça-feira, 24.

Ela é diferente de Trump em um ponto bastante importante – ela não usa celular e tem pouco interesse no mundo online.

Leis, que aparece no meio de sua plantação, seu rosto carrancudo olhando para longe da câmera e o cabelo loiro preso por uma fivela têm muitos fãs agora.

“Nós podemos substituir Trump por essa senhora que trabalha duro?”, questionou um seguidor no Instagram.

Outras pessoas, que chamaram Leis de “a irmã galega de Trump”, fizeram um pedido para pesquisar a família do presidente em Costa da Morte, uma região rochosa no noroeste da espanha com um grande histórico de naufrágios.

Galega nativa que viveu na mesma cidade desde que se casou com seu atual marido, há quatro décadas, Leis trabalha em casa e em sua fazenda, onde o repórter a achou na semana passada plantando batatas.

Leis disse aos jornais que ela não ficou impressionada pela fama repentina porque, sem um celular, todo o burburinho online é fácil de ignorar. “Eu vejo tudo o que minhas familhas me mostram, mas nunca tive curiosidade de ter um celular”, disse ela.