Lobianco já havia sido alvo de protestos em Belo Horizonte Foto: Elisa Mendes/Divulgação

Conhecido do grande público pelos trabalhos no canal “Porta dos Fundos” e no seriado “Vai que cola”, o ator Luis Lobianco passou por uma saia justa no final de semana. Em cartaz no Teatro Rival, no Rio de Janeiro, com o espetáculo “Gisberta”, ele foi alvo de protestos de transgêneros durante os dois dias de apresentação. Uma situação parecida já havia acontecido em Belo Horizonte. A comunidade trans alega que o monólogo deveria ser encenado por uma atriz transexual, e não por um “trans fake”.

Lobianco, que está na Bahia gravando a novela “O segundo sol”, se pronunciou em suas redes sociais sobre os ataques: “Jogaram até cartaz em cima de mim enquanto a cortina se fechava. Chamaram meus convidados de assassinos, o público de criminoso e me impediram de falar com as pessoas no fim”.

Para ler a matéria completa no Portal Extra clique aqui.