A Caixa Econômica Federal segue com o calendário de pagamentos dos benefícios do Programa de Integração Social (PIS). Conforme o calendário do exercício 2012/2013, o PIS está disponível a todos que se enquadram no programa, com prazo final para o saque na sexta-feira, 28 de junho de 2013, data em que se encerra o exercício atual.

Até o dia 17 de junho quase 95,5% dos trabalhadores contemplados já realizaram o saque do abono salarial, o que representa um universo de mais 17, 2 milhões de beneficiados movimentando um recurso da ordem de R$ 10,6 bilhões. No Paraná, o percentual é o mesmo, sendo que 1,19 milhões de trabalhadores sacaram o valor referente de R$ 736,5 milhões. Já em Curitiba e região metropolitana, 426.663 trabalhadores já foram beneficiados com um montante de mais de R$ 263 milhões, representando em torno de 92% dos trabalhadores que tem direito ao benefício.

O saque do benefício pode ser efetuado nos terminais de autoatendimento, casas lotéricas, Caixa Aqui ou agências da Caixa. Os abonos salariais não retirados serão devolvidos ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), enquanto os rendimentos do PIS não sacados retornam para a conta de participação do trabalhador.

Quem tem direito ao saque

Abono Salarial

Trabalhadores cadastrados no PIS ou PASEP até 2007 (cinco anos de cadastramento), que tenham trabalhado no mínimo 30 dias, consecutivos ou não, no ano de 2011, com carteira de trabalho assinada por empresa, e que tenham recebido, em média, até dois salários mínimos mensais. Os dados destes trabalhadores precisam ter sido informados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho e Emprego na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base 2011.

Rendimentos do PIS – Tem direito ao saque o trabalhador que foi cadastrado no PIS-PASEP até 4 de outubro de 1988 e que tenha saldo na conta PIS. O pagamento segue o mesmo calendário do Abono Salarial.

 Saldo da conta PIS

É permitido o saque do saldo de quotas da conta PIS ao trabalhador que apresentar algum dos motivos previstos em lei: aposentadoria, invalidez permanente, reforma militar, transferência para a reserva remunerada, tratamento de AIDS ou câncer do titular ou de seus dependentes, morte do titular, benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência e ao idoso e participante com idade igual ou superior a 70 anos.

Como se informar

Para saber se tem direito ao Abono Salarial ou aos Rendimentos do PIS, o trabalhador pode consultar a página da Caixa na internet, www.caixa.gov.br, Portal “Você – Serviços Sociais – PIS – Consulta o Pagamento” ou pelo telefone 0800 726 0207, opção 1.

Ao ligar para o 0800 da Caixa, o trabalhador deve sempre ter em mãos o número do seu PIS. Com esse número, também pode ser feita consulta eletrônica (no mesmo número 0800) 24 horas por dia, todos os dias da semana (inclusive sábados e domingos).

O número do PIS consta no comprovante de cadastramento do trabalhador. Caso não o possua, poderá obtê-lo em sua Carteira de Trabalho, seu Cartão do Cidadão ou na empresa em que trabalha.