Da Agência Brasil

O rendimento médio real do trabalhador brasileiro teve, em agosto, o primeiro aumento depois de cinco meses em queda. O valor cresceu 1,7% em relação a julho e chegou a R$ 1.883, segundo dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada hoje (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística trabalho-260913-bandab(IBGE).

Segundo o coordenador da pesquisa, Cima Azeredo, o ganho é resultado de um maior controle da inflação, mas também de outros fatores. “A inflação, já com um controle maior nos últimos meses, dá à população um poder de compra maior.”

Azeredo ressaltou, porém, que não é só a questão da inflação. “Há outras variáveis, como negociações e acordos, que são feitos entre as categorias do mercado de trabalho”, acrescentou Azeredo.