Da redação com assessoria 

O pagamento da primeira parcela do 13º salário para os segurados da Previdência Social começa a ser pago na segunda-feira (26) – mais de 26 milhões de beneficiários serão creditados. No total,  uma parcela de R$ 12,6 bilhões será injetada na economia. O pagamento da folha de agosto também será efetuado (e segue até o dia 6 de setembro).

Os depósitos começam na próxima semana para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, descontando-se o dígito. Os segurados que recebem acima do mínimo terão os benefícios creditados a partir do dia 2 de setembro. Não haverá desconto de Imposto de Renda (IR) nesta primeira parcela. De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º só é cobrado em novembro e dezembro, quando será paga a segunda parcela da gratificação natalina.

previdenciasocial_230813_bandab

Foto: Divulgação

A diferença entre a quantidade de benefícios da folha e o número de benefícios do abono ocorre porque nem todos os segurados têm direito a receber 13º salário. Como referências entre os estados, a primeira parcela do abono (de 50% do valor do 13º) representa uma injeção extra de R$ 3,6 bilhões na economia de São Paulo com o pagamento de 6.094.433 benefícios. Em Minas Gerais, o investimento foi de R$ 1,3 bilhão com o pagamento de 3.017.965 benefícios.