Da assessoria

A região do centro de Curitiba concentra quase 18% do total de imóveis disponíveis para locação e mais de 55% da oferta residencial está concentrada nos apartamentos de três (28,7%) e dois (27%) dormitórios. Segundo o Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), do Sistema Secovi em abril mais de 11,5 mil imóveis estavam com as placas de aluga-se.

De acordo com o presidente do Inpespar e vice-presidente de Economia e Estatística do Secovi, Maurício Moritz, depois do centro da cidade os bairros do Água Verde (6,5%), Bigorrilho (5,2%), Batel (4,4%) e Portão (3,3%) são os que mais têm ofertas.

Segundo a pesquisa, a variação dos valores dos imóveis ofertados para locação nos últimos 12 meses está na casa de 3,75% e dos comerciais nos 5,88%. “O mercado vem apresentando, nestes últimos 12 meses pequenas oscilações de valor e a absorção da demanda, que está sendo crescente”, explica.

Outro dado interessante da pesquisa está no fato do crescimento de uma das modalidades de garantia nos contratos. “A utilização de um fiador ainda prevalece em quase 70% dos contratos, mas temos observado um crescimento na utilização de seguro fiança”, explica Moritz. Segundo a pesquisa, a modalidade de seguro fiança cresceu quase quatro pontos percentuais desde fevereiro.