Da Redação com assessoria

Após o reajuste de 7,5% ser rejeitado ontem, o décimo sexta dia de Greve Nacional dos Bancários 2015, em Curitiba e região, teve 80% de mobilização da categoria Segundo o Sindicato dos Bancários, 14.840 trabalhadores de 352 agências e 11 centros administrativos estão de braços cruzados. No Paraná, a paralisação mobiliza 20 mil bancários. O número de agências afetadas chega a 820.

greve

(Foto: Divulgação)

As negociações foram retomadas ontem (20), em São Paulo. A Fenaban apresentou proposta de reajuste de 7,5 em todas as verbas e benefícios e retirou o abono anteriormente oferecido. A proposta foi rejeitada na mesa pelo Comando Nacional dos Bancários e outra reunião acontece nesta tarde, a partir das 14 horas. Em seguida, a Caixa e o Banco do Brasil também retomam a negociação.

“Temos certeza que a proposta ainda rebaixada apresentada pelos banqueiros ontem vai ser um combustível para os bancários continuarem unidos e mobilizados hoje. A greve continua e será o tamanho da nossa mobilização que irá determinar o alcance das nossas conquistas!”, conclama Elias Jordão, presidente do Sindicato dos Bancários de Curitiba e região.

Assembleia de organização

Ainda hoje (21), a partir das 16h30, os bancários de Curitiba e região participam de assembleia informativa, no Espaço Cultural. Enquanto as negociações prosseguem, não haverá votação de proposta e a greve continua por tempo indeterminado.