10 livros indicados por Mark Zuckerberg

Você conhece Mark Zuckerberg? Não? Estamos falando simplesmente do criador e atual dono do Facebook, a rede social mais popular do mundo. A empresa também é dona de outros produtos que fazem parte do nosso dia a dia. Bons exemplos são o WhatsApp e o Instagram, outras redes que devem consumir bastante do seu tempo. Diante disso, o que você acharia de uma lista de livros indicados por Mark Zuckerberg?

Se você preza pela sua carreira, desenvolvimento pessoal, mental e profissional, e quer aprender com um dos maiores gênios do nosso tempo, você deve prestar atenção nessa lista. Os livros indicados por Mark Zuckerberg compõe a seleção de obras que ajudaram a criar essa genialidade por trás de tanta inovação e criatividade. Eu mesmo já anotei os livros indicados por Mark Zuckerberg e pretendo lê-lo o mais rápido possível.

Portanto, queremos convidar você para fazer o mesmo. Mas antes de correr para a livraria comprar os livros indicados por Mark Zuckerberg, que tal conferir quais são eles? A seguir, listamos essas obras e trazemos um breve resumo de cada um. Para nossa sorte, a maioria pode ser adquirida em lojas como a Amazon, não exigindo que você saia do conforto da sua casa. Porém, se você gosta de sentir o cheiro do livro, recomendamos uma visita até a livraria mais próxima para encontrar os livros indicados por Mark Zuckerberg

Os livros indicados por Mark Zuckerg

A lista a seguir é bem recente e contempla obras recomendadas pelo empreendedor. O dono do Facebook já disse ter a meta de ler dois livros a cada duas semanas. Será que você também consegue manter esse ritmo? Conheça agora os livros indicados por Mark Zuckerberg.

1. Por que as Nações Fracassam

Por que as Nações Fracassam

  • Autor: James Robinson e Daron Acemoglu
  • Preço médio: R$ 74,90
  • Ano: 2012
  • Páginas: 416
  • Editora (edição): Elsevier (1ª edição)

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“Por meio de um texto instigante, ‘Por que as nações fracassam’ responde à pergunta que há séculos instiga diversos estudiosos: por que algumas nações são ricas e outras são pobres, divididas por riqueza e pobreza, saúde e doença, comida e fome? Neste livro, Daron Acemoglu e James Robinson tratam das diferenças abissais de receita e padrão de vida que separam os países ricos do mundo, como Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha, dos pobres, como os da África subsaariana, América Central e do Sul da Ásia. Os autores fazem uma demonstração cabal de que são as instituições políticas e econômicas que estão por trás do êxito econômico (ou da falta dele).

De maneira convincente, Acemoglu e Robinson afirmam que os países só escapam à pobreza quando dispõem de instituições econômicas adequadas, sobretudo a propriedade privada e a concorrência. Eles defendem, ainda, a tese original de que a probabilidade de os países desenvolverem instituições de forma acertada é maior quando eles contam com um sistema político pluralista e aberto, com disputa de cargos políticos, eleitorado amplo e espaço para a emergência de novos líderes políticos.

Trata-se de uma leitura que oferece um vastíssimo leque de exemplos históricos para demonstrar como mudanças podem contribuir para instituições favoráveis, inovações progressistas e êxito econômico ou, ao contrário, para instituições repressoras e, em última instância, decadência ou estagnação.”

2. O Otimista Racional

O Otimista Racional

  • Autor: Matt Ridley
  • Preço médio: R$ 43,00
  • Ano: 2014
  • Páginas: 434
  • Editora (edição): Record

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“O jornalista especializado em ciência Matt Ridley acredita que há motivos para ser otimista com relação aos seres humanos. A vida está melhorando. E a um ritmo acelerado. Disponibilidade de alimentos. Renda e expectativa de vida estão em alta; Doença, mortalidade infantil e violência estão em queda – em todo o mundo. Este livro cobre todo o movimento da história humana. Desde a Idade da Pedra até a internet para mostrar que, graças à incessante capacidade humana para a inovação, o século XXI verá a prosperidade das sociedades e a biodiversidade natural aumentadas.”

3. Ordem Mundial

Ordem Mundial

  • Autor: Henry Kissinger
  • Preço médio: R$ 46,32
  • Ano: 2015
  • Páginas: 432
  • Editora (edição): Objetiva

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“Nunca houve uma verdadeira ‘ordem mundial’, observa Henry Kissinger, autor de ‘Sobre a China’. Por grande parte da história, as civilizações definiam seus próprios conceitos de ordem. Cada uma delas se via como o centro do mundo e considerava seus princípios como universalmente relevantes. Hoje, as relações internacionais se dão em uma base global, e os diferentes conceitos históricos sobre ordem mundial estão se encontrando.

As regiões participam das questões de alta política umas das outras de forma quase instantânea. Contudo, não há consenso entre os maiores atores sobre as regras e os limites que guiam esse processo, ou sua direção principal. O resultado é uma crescente tensão.

Em ‘Ordem mundial’, Kissinger faz uma meditação profunda sobre as raízes da harmonia internacional e da desordem global. Escrito a partir da sua experiência enquanto um dos mais notáveis estadistas da era moderna – aconselhando presidentes norte-americanos, viajando pelo mundo, observando e moldando os eventos mais marcantes da política externa das últimas décadas – Kissinger finalmente faz sua análise do maior desafio do século XXI: construir uma ordem internacional partilhada num mundo de perspectivas históricas divergentes, conflitos violentos, proliferação tecnológica e extremismo ideológico.

Baseado em uma profunda pesquisa e na experiência de Kissinger como assessor de Segurança Nacional e Secretário de Estado, o livro guia o leitor através de episódios cruciais da recente história mundial. Provocativo e articulado, combinando percepções históricas com prognósticos geopolíticos, Ordem mundial é uma obra única.”

4. Criatividade S/A

Criatividade S/A

  • Autor: Ed Catmull e Amy Wallace
  • Preço médio: R$ 23,23
  • Ano: 2014
  • Páginas: 323
  • Editora (edição): Rocco Digital

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“Qual a fórmula por trás de filmes adorados por multidões como Toy Story, Monstros S.A. ou Procurando Nemo? Em ‘Criatividade S.A.’, Ed Catmull conta a trajetória de sucesso do mais importante e lucrativo estúdio de animação da atualidade, a Pixar, que ele ajudou a fundar, ao lado de Steve Jobs e John Lasseter, em 1986. Dos encontros da equipe às sessões de brainstorm, Catmull mostra como se constrói uma cultura da criatividade, num livro definitivo para quem busca inspiração para os próprios negócios.

Para Catmull, a tecnologia jamais deve estar acima de uma boa história. Cercar-se de gente mais inteligente do que você torna o ambiente mais propenso à inovação. E encontrar o lado positivo do fracasso é fundamental para garantir o próximo sucesso. Esses são alguns dos princípios apresentados por Catmull em ‘Criatividade S.A.’. Quase 20 anos depois do lançamento do primeiro filme da trilogia Toy Story, Catmull, atual presidente da Pixar e da Walt Disney Animation Studios, narra a trajetória da empresa que revolucionou a indústria de animação cinematográfica.

Entremeando conclusões sobre gestão de pessoal com entusiasmadas informações a respeito dos avanços em tecnologia digital, além da história da Pixar e do cinema de animação, ‘Criatividade S.A.’ apresenta mais do que conselhos de negócios, com trechos descrevendo situações quase como um roteiro cinematográfico.”

5. Sapiens. Uma Breve História da Humanidade

Sapiens. Uma Breve História da Humanidade

  • Autor: Yuval Noah Harari
  • Preço médio: R$ 35,01
  • Ano: 2015
  • Páginas: 464
  • Editora (edição): L&PM (1ª edição)

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“Um relato eletrizante sobre a aventura de nossa extraordinária espécie – de primatas insignificantes a senhores do mundo. O que possibilitou ao Homo sapiens subjugar as demais espécies? O que nos torna capazes das mais belas obras de arte, dos avanços científicos mais impensáveis e das mais horripilantes guerras? Yuval Noah Harari aborda de forma brilhante estas e muitas outras questões da nossa evolução.

Ele repassa a história da humanidade, relacionando com questões do presente. E consegue isso de maneira surpreendente. Doutor em história pela Universidade de Oxford e professor do departamento de História da Universidade Hebraica de Jerusalém, seu livro não entrou por acaso nas listas dos mais vendidos de 40 países para os quais foi traduzido. ‘Sapiens’ impressiona pela quantidade de informação, oferecida em linguagem acessível, atraente e espirituosa. Tanto que, na primeira semana de lançamento nos Estados Unidos, já figurava entre os mais vendidos na lista do The New York Times.

Em ‘Sapiens’, Harari nos oferece não apenas conhecimento evolutivo, mas também sociológico, antropológico e até mesmo econômico. Ele se baseia nas mais recentes descobertas de diferentes campos como paleontologia, biologia e antropologia. E, especialmente para a edição brasileira, realizou algumas atualizações no final de 2014. Esta edição traz dezenas de imagens, mapas e tabelas que o deixam ainda mais dinâmico.”

6. A Estrutura das Revoluções Científicas

A Estrutura das Revoluções Científicas

  • Autor: Thomas S. Kuhn
  • Preço médio: R$ 33,32
  • Ano: 2013
  • Páginas: 324
  • Editora (edição): Perspectiva (12ª edição)

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“Thomas S. Kuhn iniciou sua carreira universitária como físico teórico. As circunstâncias levaram-no ao estudo da história e a preocupações de natureza filosófica. Trajetória incomum, que este livro de certa forma sintetiza e que explica seu caráter polivalente.

Múltiplas áreas, desde as exatas até as humanas, convergem para as agudas análises, que levam o autor, questionando dogmas consagrados, a ver o progresso da ciência não tanto como o acúmulo gradativo de novos dados gnosiológicos, e sim como um processo contraditório marcado pelas revoluções do pensamento científico.

 Tais revoluções são definidas como o momento de desintegração do tradicional numa disciplina, forçando a comunidade de profissionais a ela ligados a reformular o conjunto de compromissos em que se baseia a prática dessa ciência. Um dos aspectos mais interessantes de ‘A Estrutura das Revoluções Científicas’ é a análise do papel dos fatores exteriores à ciência na erupção desses momentos de crise e transformação do pensamento científico e da prática correspondente.”

7. Os Anjos Bons da Nossa Natureza: Por que a Violência Diminuiu

Os Anjos Bons da Nossa Natureza: Por que a Violência Diminuiu

  • Autor: Steven Pinker
  • Preço médio: R$ 63,92
  • Ano: 2013
  • Páginas: 1088
  • Editora (edição): Companhia das Letras (1ª edição)

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“Em seu primeiro discurso como presidente dos Estados Unidos, em 1861, Abraham Lincoln apelou aos ‘anjos bons de nossa natureza’ quando pediu à região sul do país, escravagista, que evitasse uma guerra contra o norte abolicionista. Sua súplica não foi atendida, e os americanos deram início ao conflito mais mortal de sua história. Banhos de sangue como a Guerra Civil Americana, porém, estão cada vez mais restritos ao passado, e estudiosos tentam hoje entender por que a sociedade contemporânea recorre menos à violência para resolver disputas.

Em ‘Os anjos bons da nossa natureza’, o psicólogo canadense Steven Pinker toma para si o desafio duplo de responder a essa questão e de explicar as razões pelas quais as pessoas têm trilhado o caminho da paz com mais frequência, seja nas relações interpessoais, seja na diplomacia global. Não é fácil enxergar essa tendência, reconhece Pinker.

Desafios

A constatação de que a taxa de homicídios em países europeus caiu entre 90% e 98% desde a Idade Média, por exemplo, acaba sendo ofuscada pelo fato de que o continente passou pelo maior genocídio de sua história há menos de um século. Como teste de sanidade, o autor se respalda nas mais completas fontes de informação disponíveis para enxergar o processo de pacificação.

‘Os anjos bons da nossa natureza’ cobre toda a escala de tempo da história humana, baseando-se em levantamentos de dados em arqueologia, estatísticas de criminalidade, contagens de baixas em guerras e outras formas de registro da violência. Numa empreitada multidisciplinar que envolve história, ciências sociais e psicologia, o autor constrói uma teoria robusta e coerente, que já constitui referência fundamental sobre o assunto.

Mantendo o estilo afiado de seus livros anteriores, Pinker se destaca por sua clareza de argumentação, que é acessível ao público geral, mas não recorre a banalizações. No trajeto do livro, o autor analisa os diferentes períodos históricos em que a pacificação progrediu e mostra quais aspectos da natureza humana estiveram em jogo durante esses processos. ‘Anjos’ da empatia, do autocontrole, do senso moral e da razão lutam pela natureza humana contra “demônios” como o da predação, o da vingança e o do sadismo. Da interação desses sentimentos com cada momento histórico é que Pinker desenvolve uma teoria para descrever quais forças sociais e psicológicas moveram a saga da violência.”

8. O Fim do Poder

O Fim do Poder

  • Autor: Moises Naím
  • Preço médio: R$ 33,78
  • Ano: 2013
  • Páginas: 392
  • Editora (edição): LeYa

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“Saiba como se configura a nova ordem mundial. O mundo vem passando por uma série de transformações. Potências hegemônicas como os Estados Unidos têm de lidar com cada vez mais limitações em sua atuação, e as grandes companhias agora enfrentam a crescente ameaça dos pequenos empreendimentos.

O poder, na política ou nos negócios, está se tornando mais fragmentado. Ao longo de ‘O fim do poder’, o escritor venezuelano Moisés Naím, discute as mudanças pelas quais o mundo vem passando desde meados do século XX e procura explicar por que o poder é hoje tão transitório – e tão difícil de manter e usar –, examinando o papel das novas tecnologias e identificando as forças que estão por trás dessas transformações.”

9. O Problema dos Três Corpos

O Problema dos Três Corpos

  • Autor: Cixin Liu
  • Preço médio: R$ 37,40
  • Ano: 2016
  • Páginas: 320
  • Editora (edição): Suma de Letras

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“China, final dos anos 1960. Enquanto o país inteiro está sendo devastado pela violência da Revolução Cultural, um pequeno grupo de astrofísicos, militares e engenheiros começa um projeto ultrassecreto envolvendo ondas sonoras e seres extraterrestres.

Uma decisão tomada por um desses cientistas mudará para sempre o destino da humanidade e, cinquenta anos depois, uma civilização alienígena a beira do colapso planeja uma invasão. ‘O problema dos três corpos’ é uma crônica da marcha humana em direção aos confins do universo. Uma clássica história de ficção científica, no melhor estilo de Arthur C. Clarke. Um jogo envolvente em que a humanidade tem tudo a perder.”

10. Chefe de Quadrilha por um Dia

Chefe de Quadrilha por um Dia

  • Autor: Sudhir Venkatesh
  • Preço médio: –
  • Ano: 2008
  • Páginas: 272
  • Editora (edição): Elsevier

Sinopse (livros indicados por Mark Zuckerberg)

“De forma honesta e divertida, Venkatesh relata seus anos de convivência com uma quadrilha de traficantes de crack de Chicago num olhar fascinante dentro do complexo mundo da pobreza urbana de Windy City. Venkatesh morou num dos guetos mais terríveis dos Estados Unidos por quase uma década. Entrou com a visão de alguém de fora e saiu com o acesso de alguém de dentro. Vários escritos sobre a pobreza costumam reduzir os seres humanos que vivem respiram brincam lutam amam e pensam a idiotas controlados por forças invisíveis. Este livro faz o contrário: mostra dia a dia como os traficantes de crack, líderes comunitários, prostitutas, pais trambiqueiros, policiais e o próprio Venkatesh tentaram construir uma vida boa a partir de tão precária matéria.”

…..

O que você achou dessa lista de livros indicados por Mark Zuckerberg? Essa com certeza é uma boa adição para a sua meta de leitura do ano. Se você está procurando uma boa dica de leitura, deveria considerar seriamente as recomendações do criador e dono do Facebook. Afinal, estamos falando de uma pessoa extremamente bem sucedida e que tem boas histórias para contar.

E se você já leu os livros indicados por Mark Zuckerberg, compartilhe com a gente a sua opinião. O que você acha das dicas de leitura desse gênio do empreendedorismo? Acha que os livros indicados por Mark Zuckerberg podem edificar os novos empreendedores e profissionais que estão dando início a suas carreiras? Compartilhe com a gente no campo dos comentários!

Notícias relacionadas

Os comentários estão fechados.