UPA de Fazenda Rio Grande (Foto: Divulgação)

 

Vereadores de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, querem que a população avalie um médico após o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Um requerimento neste sentido foi protocolado na Câmara Municipal da cidade, nesta segunda-feira (12), e a expectativa é que a medida seja colocada em prática o quanto antes.

O pedido ao prefeito da cidade se dá uma semana depois de denúncias graves apontarem para uma farra no ponto de médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Há médicos que assinam o ponto e deixam o posto de trabalho ou que chegam com três horas de atraso, alguns recebendo salários que passam dos R$ 20 mil.

Autor do requerimento, o vereador Marcondes (PSC) explicou à Banda B qual a intenção dos parlamentares. “Queremos uma saúde de mais qualidade. A intenção é que os pacientes avaliem o atendimento médico, assim que saírem da consulta, com o preenchimento de um formulário, para que assim seja possível identificar os maus profissionais e também valorizar os bons”, disse o vereador.

O secretário municipal de Saúde de Fazenda Rio Grande, Rejomar Andrade, afirmou que a ideia dos vereadores é importante para melhorar a saúde municipal. “Nós somos favoráveis, porque é uma medida para ajudar no serviço de Saúde. A intenção é avaliar o profissional e fazer com que ele melhore no serviço. Isso é positivo, porque a equipe também saberá onde precisa melhorar”, descreveu.

Segundo o secretário, há discrepâncias que chamam a atenção no SUS da cidade. “Tem médicos hoje que chegam a atender até 50 pessoas por dia, enquanto outros que estão atendendo oito pessoas por dia. É uma diferença muito grande, então temos que melhorar isso”, disse.

O requerimento dos vereadores foi feito ao prefeito de Fazenda Rio Grande. Ainda não há data para que a novidade seja implantada.

Notícia Relacionada: