A procura pela carteira de identidade provocou longas filas ao longo desta quinta-feira (1) na Rua da Cidadania de Santa Felicidade, em Curitiba. Ao todo, foram disponibilizadas 400 senhas ao longo deste primeiro dia do mutirão e todas elas se esgotaram em apenas duas horas.

Claudineia Costa de Oliveira esteve no mutirão com os dois filhos e, mesmo com as senhas encerradas, decidiu aguardar. “No site demora muito para fazer, quero fazer a identidade dos dois. Cheguei há quatro horas e nada ainda, mas se não conseguir, amanhã eu volto”, comentou.

Administradora da regional Santa Felicidade, Simone Lima, contou que o Instituto de Identificação chega a dobrar sua capacidade de atendimento com o mutirão. “Como há certa dificuldade de agendamento no site, quem necessita da carteira de identidade está vindo até aqui e estamos atendendo da melhor forma possível”, disse.

O mutirão ainda irá distribuir 400 senhas para emissão do RG na sexta-feira (2) e 300 no sábado (3). Para quem é solteiro, basta levar até a Rua da Cidadania a Certidão de Nascimento e comprovante de residência. Caso tenha, o PIS/Pasep também é necessário. Já para quem é casado, a certidão de casamento é exigida.

A feira de serviços é promovida em parceria pela Prefeitura de Curitiba e o Governo do Estado e segue até o próximo sábado. Na regional vivem cerca de 155 mil pessoas nos bairros Butiatuvinha, Campina do Siqueira, Campo Comprido, Cascatinha, Lamenha Pequena, Mossunguê, Orleans, Santa Felicidade, Santo Inácio, São Braz, São João e Vista Alegre.

Outros atendimentos

Durante o Mutirão da Cidadania, também estão sendo ofertados encaminhamentos para vagas de emprego, testes rápidos de sífilis, HIV e hepatites, e cadastramento de estudantes para a rede pública ensino.

Outros serviços incluem a inscrição de animais domésticos para o castramóvel, exposição de projetos de robótica, informações sobre alimentação saudável e de direitos de crianças, adolescentes e pessoas idosas, entre outros.