O Corpo de Bombeiros fez uma mobilização para o resgate de um operário de 42 anos que sofreu um acidente de trabalho na manhã desta quinta-feira (25), nas obras de construção do viaduto da Rodovia João Leopoldo Jacomel, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O trabalhador despencou durante as atividades e o cinto de segurança enroscou em outro equipamento. O resgate durou cerca de uma hora.

O acidente aconteceu por volta das 9h30. Segundo os bombeiros, o operário estava com todos os equipamentos de segurança (EPI), mas teria enroscado dois deles, causando uma queda de cerca de dois metros. O capitão Machado do Corpo de Bombeiros, comandante do 6º GB, disse que o resgate foi delicado e que o trabalhador inspira cuidados.

“Um local de difícil acesso, tivemos que usar um guindaste para chegar até ele, que acabou se enroscando com o próprio cinto de segurança, fraturando a costela. Ele não chegou a ficar suspenso porque havia um anteparo, então, bateu e ficou na quina. As fraturas são delicadas, o resgate é muito importante para não movimentar a vítima, senão pode acarretar em lesões futuras”, descreveu.

Uma maca especial foi usada no resgate, destinada a situações de altura. O trabalhador foi encaminhado em estado grave ao Hospital Cajuru. O trânsito não foi interrompido totalmente, já que o resgate aconteceu no canteiro central da rodovia.