A APP-Sindicato, que representa os professores da rede estadual, anunciou que paralisará as atividades nesta segunda-feira (19) em um protesto contra a Reforma da Previdência, do governo federal. A participação nos atos, no entanto, é facultativa e cada servidor decide se vai cruzar os braços ou não. Por isso, não é possível detalhar quais colégios ficarão sem aula.

(Foto: Reprodução)

A greve, convocada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), acontece em âmbito nacional e deve envolver outras categorias. Em Curitiba, às 8h da manhã haverá panfletagem no Terminal Guadalupe, na esquina das ruas Marechal Deodoro e João Negrão.

Às 9h, os manifestantes seguem com a ação na agência do INSS, em frente a Praça Santos Andrade, na região central da cidade. A concentração na Boca Maldita está marcada para as 10h, com aula pública às 11h. A panfletagem continua e, às 14h, haverá manifestação na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

As aulas, que começariam amanhã, poderão ser adiadas para a terça-feira (20). Como nem todos os servidores vão aderir, é importante procurar diretamente os colégios pela manhã para saber se o funcionamento será normal.