(Foto: Colaboração/Banda B)

 

Um cavalo foi atropelado na PR-092, sentido Cerro Azul, na região metropolitana de Curitiba, na manhã deste sábado (27). O motorista que atingiu o animal não parou para pedir ajuda ou sinalizar a área, e não foi encontrado.

Uma pessoa que passava pela região viu o bicho caído na rodovia e acionou o Corpo de Bombeiros. “Quando chegamos, nos deparamos com o cavalo totalmente debilitado e sangrando muito… Nós contemos esse sangramento e o levamos para uma área segura. Como não se trata de uma vítima humana, esse trabalho não nos competia e, por isso, repassamos a situação para os órgãos competentes, com a veterinária responsável e também o setor de agricultura”, explicou o socorrista Eduardo Bonfim, de Rio Branco do Sul.

Segundo ele, o motorista que atropelou o animal foi imprudente ao abandonar o local. “Ele colidiu contra o cavalo e o deixou vagando pela via, com risco para o bicho e também de novos acidentes para quem trafegava por ali. O correto, nesses casos, é parar, sinalizar a área e pedir ajudar”, completou. Em situações como essas, o condutor deve acionar a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em rodovias federais, ou a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) em estradas do Paraná.

O dono do cavalo atropelado ainda não apareceu. O animal está sendo vigiado por moradores da região, até que a Vigilância Sanitária ou a Secretaria do Meio Ambiente tomem as providências cabíveis.