(Foto: Divulgação PRF)

 

No início da noite deste sábado (27), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem por embriaguez ao volante e corrupção ativa. Ao ser parado, em Ponta Grossa, com visíveis sinais de embriaguez, o homem teria oferecido dinheiro para os policiais, para que eles o deixassem prosseguir. Ele foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal, em Ponta Grossa.

A abordagem ocorreu por volta das 19h30, no quilômetro 509 da BR-376, nas proximidades do Posto Furnas, da PRF, em Ponta Grossa. No caminhão Volvo, modelo NL12 360, cor branca e placas de Arapongas, estava o condutor, de 43 anos, com visíveis sinais de embriaguez. A Polícia Rodoviária Federal, aliás, teria recebido a informação de que o homem teria parado em Mauá da Serra, onde teria ingerido cerveja e cachaça.

Diante da recusa de fazer o teste de alcoolemia, foi feito o registro do Termo de Constatação de Embriaguez. Transtornado com a situação, o homem tentou oferecer dinheiro aos policiais. “O motorista queria que os PRF’s fizessem ‘vistas grossas’ e o escoltassem até um posto de combustíveis para que ele repousasse”, informou, em nota, a PRF.

Com o registro dos delitos de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool (embriaguez ao volante) e corrupção ativa, a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Policia Federal na cidade.

Para mais informações sobre os Campos Gerais acesse o Portal A Rede clicando aqui.