Por Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

Uma família de Curitiba está desesperada para encontrar o cachorro Raiden, da raça akita, que desapareceu de um hotel para cães em São José dos Pinhais, na região metropolitana, no começo da semana. A dona deixou o animal no estabelecimento, localizado na Estrada da Roseira, no bairro Borda do Campo, e, nesta terça-feira (13), foi avisada que ele havia fugido do canil.

raiden3Raiden tem três anos e é um cão dócil. (Foto: Arquivo pessoal)

“Nós estamos muito tristes e preocupados, porque somos muito apegados a ele. Eu viajei e deixei o Raiden aos cuidados do hotel, jamais imaginei que ele ia sumir. A gente foi buscá-lo na segunda à noite, mas ninguém atendeu porque o local já estava fechado. No dia seguinte, avisaram que ele tinha desaparecido, falaram que fugiu do canil naquela manhã”, contou Fernanda Morini, dona do animal, em entrevista à Banda B.

Segundo ela, as informações repassadas pelo funcionário do hotel não batem com as recolhidas junto à vizinhança. “As pessoas do bairro me disseram que o cão foi visto no dia 12 à tarde a cerca de um quilômetro de distância do canil, brincando com as crianças, na Vila Izabel. Ou seja, se ele foi visto na segunda-feira, como escapou na terça pela manhã? É isso que a gente não entende. Queríamos que tivessem nos avisado no momento em que ele desapareceu, para termos mais chances de encontrá-lo”, completou Fernanda.

Funcionário afastado

Sobre o caso, a Banda B entrou em contato com o hotel envolvido. O responsável afirmou que afastou o trabalhador que teria deixado o portão do canil aberto, facilitando a fuga do cão. “O funcionário nos passou duas versões da história, mas nós já o afastamos das atividades. Pelo o que apuramos, acredito que o cão fugiu na madrugada de terça, mas não descarto nenhuma possibilidade. Eu ofereço o serviço de hotel para animais há anos e isso nunca tinha acontecido, foi uma fatalidade. Lamentamos muito e estamos disponíveis para quaisquer esclarecimentos”, disse ele à reportagem.

Raiden tem três anos, é um cachorro bastante dócil e gosta de estar perto de pessoas. A família oferece recompensa de R$ 500 para quem tiver informações que levem ao paradeiro do cachorro. O telefone para contato é o (41) 9977-5563.