Por Elizangela Jubanski

 

lili-2Lili é sem raça definida. Foto: Arquivo família

A busca por Lili está sendo incessante e a recompensa está levando muitos às ruas. Lili é uma cadela mestiça – chow chow com raça não definida – adulta, dócil e tem um dono desesperado pelo paradeiro dela. A cadela sumiu após a casa da família, que fica no bairro Nações, em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, ser arrombada. Duas cadelas voltaram, mas Lili não deixou nem rastros. A recompensa para quem encontrar a cadela é de R$ 5 mil. Isso mesmo.

lili-1O dono é Vagner Brito, guarda-municipal em Curitiba, que afirmou à Banda B não ter condições financeiras estáveis, mas faz questão de oferecer o valor para quem trouxer a Lili de volta. “Tivemos algumas informações, outras desencontradas e, por isso, passamos de R$ 1 mil para R$ 5 mil a recompensa”, disse.

A família tem três cadelas – todas da mesma mãe. Elas sumiram após a casa ser invadida por bandidos, na tarde do último dia 24. “Arrombaram nossa casa quando tínhamos saído para trabalhar e elas fugiram ou alguém levou. Dias depois, uma voltou, a outra achei no meio da rua, assustada, mas limpa, sem fome, parecia bem cuidada, sabe?”, descreveu. Apenas a Lili não voltou.

O guarda-municipal acredita que a cadela esteja na casa de alguém. “Estranhamente, depois de dias de chuva, elas voltaram limpas, secas, não estavam na rua, não. Isso leva a crer que alguém está prendendo ela em algum lugar, ainda mais que ela é dócil, mansinha”.

Cansado de rodar quilômetros atrás de Lili, Vagner quer contar com a ajuda de vizinhos, moradores próximos e qualquer pessoa que saiba sobre o paradeiro da cadela. “A condição atual não é boa assim para gastar um valor desses, mas por ela a gente, com certeza, paga”, finalizou

A Lili tem pelo baixo, de cor marron-escuro, língua roxa, é mansa e, quando sumiu, tinha uma coleira de oncinha. Qualquer informações sobre a Lili ligue ou mande mensagem por meio do aplicativo WhatsApp (41) 9808-6125.