Do Minuto Pet (Para retornar a página inicial do Blog clique aqui)

Do Portal Do Dog

A cadela Roxy é uma pit bull de pelagem preta, o que significa que ela teria dificuldades em dobro para encontrar um lar. Ela foi retirada das ruas de Los Angeles pela equipe de zoonoses local e poderia ser induzida a morte caso não fosse adotada logo. Por sorte, a pit bull foi resgatada pela ONG Karma Rescue um mês depois.

caoegato(Foto: Reprodução Portal DOG)

Ninguém sabe dizer o que Roxy enfrentou quando morava na rua, se foi abandonada ou se sofreu maus-tratos, mas ela estava muito traumatizada.

A cadela ficava encolhida no canto de seu canil com a cabeça pra baixo e seu medo ficou ainda mais nítido quando a equipe da ONG tentou leva-la para passear. Assim que colocaram a coleira, Roxy deitou no chão e se recusou a se mexer. Então, ela teve de ser carregada no colo para fora do canil. Nem mesmo o sol e a grama animaram a cachorra.

Mas os voluntários da organização contaram com uma ajuda inusitada para conquistar a confiança da pit bull: um gato.

O felino estava no consultório veterinário da ONG e foi visto por Roxy através da janela. A cachorra demonstrou interesse pelo gato, mas não era de uma maneira agressiva. A equipe percebeu que ela o via de forma amigável.

Então, os veterinários permitiram que os dois tivessem contato frequente sempre supervisionados. Os encontros foram tão bem sucedidos que a característica “se dá bem com gatos” foi adicionada à ficha da pit bull.

E isso foi muito importante para a adoção de Roxy, porque ela foi escolhida por uma família com três gatos e um cachorro da raça Lulu da Pomerânia, que é bem pequeno. Após alguns encontros para testar a harmonia entre os animais, a pit bull foi adotada.