Olá,

No dia 21 de Março, publiquei cinco dicas de como aparecer na primeira página do Google sem pagar!

Hoje, apresentarei mais cinco dicas de como ficar bem posicionado no Google, mas desta vez, para quem tem um site!

Dica 1

Realize um site na plataforma WordPress. Esta plataforma é auto gerenciável, e permite que você edite textos, imagens, url do site, entre outras funcionalidades que vão ajudar seu site ficar bem posicionado. A grande vantagem desta plataforma, é que após concluído o site, muitas otimizações você consegue realizar sozinho(a), sem precisar de um programador.

Dica 2

Além de utilizar a plataforma WordPress, algo muito importante é que o site seja responsivo, ou seja, que ele se adapte em qualquer plataforma: desktop, celular ou tablets. Atualmente, o número de acessos a internet já é maior por celulares do que por desktops (computadores de mesa), e o Google percebeu isto, e beneficia sites que são adaptados para dispositivos móveis. Assim sendo, vai contratar um site? Não se esqueça de pedir que o site seja responsivo, e se a empresa que estiver negociando informar que o site não se adapta a celulares, procure outra.

Dica 3

Antes de iniciar o desenvolvimento do site, utilize a ferramenta GT Metrix: https://gtmetrix.com Esta ferramenta analisa a performance técnica de um site, logo, analise o site de seus concorrentes, apresente para quem estiver responsável pelo desenvolvimento do seu site, e deixe claro que será necessário ter uma performance melhor do que a dos concorrentes. Um dos fatores mais importantes para ficar bem ranqueado no Google, é a velocidade do site. Sites rápidos, conseguem um posicionamento melhor no Google.

Dica 4

Após concluir o site, peça para seu programador instalar o Google Search Console, criar um Site Map e inserir dentro do Google Search Console. Esta ferramenta permite que o Google indexe (localize) com mais facilidade seu site, logo, certamente vai ajudar a ficar bem posicionado mais rápido.

Dica 5

Outra funcionalidade importante após a conclusão do site, é instalar o Google Analytics. Esta ferramenta apresenta relatórios do número de acessos, tempo de permanência dos usuários e

páginas mais visitadas no site. Embora não impacte diretamente no SEO, esta ferramenta permite que você identifique quais páginas estão trazendo melhores resultados orgânicos para sua empresa, logo, após identificar o formato de conteúdo mais eficaz, você pode replicar esta estratégia em outras páginas, melhorando o SEO do site como um todo.

Bônus

Se você chegou até aqui, percebo que está interessado(a) em melhorar seu posicionamento no Google, então vou te dar mais uma dica de presente! Dica 6 Utilize o plugin Yoast no WordPress. Esta ferramenta, permite que você realize edições do título e descrição da página para o Google, e ainda, apresente um checklist com diversos itens que precisam ser corrigidos na sua página para ficar melhor posicionado para determinada palavra chave no Google. Este recurso está disponível apenas para quem utiliza a plataforma WordPress e auxiliará muito o seu trabalho de SEO.

Espero que tenham gostado destas dicas! O ideal, é que seja implementado estas ações em seu site, e também, as dicas que compartilhei na semana passada. Mas lembre-se, quanto mais ações integradas, mais rápido serão os resultados, e ainda, que o trabalho de SEO (search engine optimization) pode levar meses para gerar resultados, não é uma estratégia que normalmente apresenta resultados imediatos.

Se você deseja resultados imediatos, na próxima semana vou te apresentar como funcionam as campanhas de Google Adwords! Aguardo você na próxima terça feira dia 03 de Abril, um Abraço!

Helton Magalhães Professor e Consultor de Marketing Digital Fundador da Academia Digital

Colunas relacionadas: