A cada dia que passa, a idade com que se começa no mundo do crime está sendo mais precoce, e agora vemos a notícia de uma ocorrência policial em São Paulo, onde ao constatar uma atitude suspeita dos ocupantes de um veículo e dado ordem de parar aos ocupantes, esses não obedeceram e se evadiram, começando então uma perseguição por parte da PM que ao fazer a abordagem do veículo utilizado na fuga após o mesmo colidir contra um ônibus, os ocupantes do veículo atiraram contra os policiais militares, havendo então resposta por parte da polícia; mas o mais surpreendente é que após balear e matar um dos ocupantes, ao se identificar o agressor se contatou que o morto tinha apenas 10 anos de idade e seu parceiro de crime 11 anos.

Ai fica a pergunta! Aonde vamos parar com essa violência?

As autoridades vivem declarando que a violência está sob controle, mas o que a população vê é a falta de segurança, com vários homicídios diários, roubos violentos, agressões gratuitas, estupros coletivos e mais uma infinidade de crimes que por não mais acreditar na justiça e muito menos na polícia, o cidadão comum em muitos casos já nem registra mais os crimes de que é vítima, o que faz com que tenhamos mesmo que informalmente a certeza de que os dados da violência em nosso país estão muito defasados e não refletem a realidade com que vivemos no nosso dia a dia.

O que fazer?

A única coisa que podemos fazer é tomar algumas precauções para minimizar os riscos, tais como evitar andar em locais ermos e onde não haja notícia de crimes, mas isso atualmente é quase impossível, então a única coisa que podemos efetivamente fazer, pois como o cidadão não tem como inteferir na segurança, pois ele faz parte da sociedade apenas como pagador de impostos, e usúario do sistema, nos resta apenas a conscientização para que ao escolher nossos representantes legais através do voto tenhamos mais consciência e discernimento, pois nossos Deputados Estaduais e Federais, Senadores, Governadores e Presidente, são os únicos que podem mudar essa realidade e como somos nós que os escolhemos, temos que aprender a escolher certo.

E nunca esqueçam prevenir é sempre o melhor remédio. Para acessar outras dicas acesse www.coronelcosta.com.br