Quem já não teve um celular roubado ou conhece alguém que já teve?

Além do prejuízo financeiro, há também a perda de dados, fotos e muitas outras coisas que hoje as pessoas guardam em seus celulares.

E o pior é que sempre há aquelas pessoas que compram um celular roubado e que são as responsáveis diretas pelo aumento de furtos e roubos de celulares, pois apesar de serem roubados se consegue utilizá-lo normalmente trocando apenas o chip.

Atualmente alguns modelos com GPS possibilita que o proprietário acione a polícia e informe onde o mesmo está e dessa forma consegue recuperar o aparelho e prender os marginais que o roubaram ou os que o compraram e estes são enquadrados como receptadores.

Mas a maioria das pessoas não consegue fazer isso e acabam no prejuízo.

Mas desde 29 de junho de 2.106 o Paraná tem uma lei para determina que as operadoras de telefonia celular bloqueiem o aparelho pelo número do telefone roubado.

A Lei Estadual número 18.821, diz em seu Art. 1° “Obriga as operadoras de telefonia móvel a cooperar com as instituições estaduais de segurança pública, mediante a realização, por tais operadoras, do bloqueio através do número da linha telefônica ou do número IMEI (International Mobile Equipment Identity – Identificação Internacional de Equipamento Móvel) dos aparelhos de telefonia móvel celular que sejam objetos de furto ou roubo.”

Se quiser saber o EMEI de seu celular é só discar *#06#, que aparecerá na tela o seu código

O que significa isso? Que se você tiver um celular roubado ou furtado, faça o Boletim de Ocorrência e ligue para sua operadora e solicite o bloqueio do telefone, ou seja, quem roubou o celular vai ficar com um aparelho que não tem

mais como desbloquear. Se todos fizerem isso com certeza acabaremos com o mercado paralelo de celulares roubados.

Divulguem essa informação e vamos acabar com o roubo de celulares.

E nunca esqueçam, prevenir é sempre o melhor remédio, e para ver outras matérias, acesse www.coronelcosta.com.br