Todos os pais ao mandarem os filhos para escola têm como objetivo a formação e a preparação deles para o futuro, mas o que ninguém consegue deixar de se preocupar é o como eles estarão com relação a segurança.

Não é raro encontrar pais levando e indo buscar os filhos nos colégios, pois a insegurança que assola nossa sociedade também atinge os estabelecimentos escolares, pois apesar das escolas proporcionarem segurança, a mesma só aplicada na área interna, mas infelizmente nas escolas públicas onde em muitos casos o poder público não está conseguindo propiciar o mínimo de segurança, nem no interior das mesmas.

E é nas proximidades dos estabelecimentos de ensino onde sempre há um risco potencial dos marginais se aproveitarem do grande volume de crianças e adolescentes que circulam pelo local e que são vitimas em potencial para roubos, furtos e até mesmo para o oferecimento de drogas.

Por isso a orientação dos pais é fundamental para que seus filhos saibam como se comportarem e as precações e cuidados que devem ter, quando estiverem indo ou voltando da escola.

Os pais devem orientar os filhos para que sempre procurem andar com outros alunos, pois é muito mais fácil e cômodo para os marginais atacarem os que estão isolados.

Que se presenciarem grupos de adolescentes “estranhos”, que “fiquem espertos”, pois é muito comum a atuação dos marginais em grupos, para provocar medo nas vitimas e diminuir a chance de uma reação.

Mas infelizmente nem todos os pais tem condições ou disponibilidade para levar e buscar seus filhos e a cada dia sofrem entre o período que os filhos saem de casa até que cheguem em segurança.

Em caso da ocorrência de uma ação contra o seu filho ou de algum conhecido é fundamental que o responsável pela criança ou adolescente vá até a escola formalizar o ocorrido e posteriormente ir até uma delegacia de polícia para registrar o fato, pois somente com essas posturas de registrar e cobrar das autoridades constituídas é que poderemos reverter esse quadro caótico que está a segurança não só em nossa cidade, em nosso Estado, mas que atinge a todo o país.

Infelizmente, apenas a ação da polícia não irá conseguir diminuir a violência, é necessário a participação e a cobrança por parte de cada cidadão, pois ai sim começaremos a ter uma mudança no quadro atual.

Mas nunca esqueçam que PREVENIR é sempre o melhor remédio. Para ver outras dicas de segurança, acesse www.coronelcosta.com.br