Os marginais não tem limites para poderem aplicar seus golpes. Um golpe que está aumentando o volume de casos é o que estão aplicando em pessoas que tem familiares com problemas graves de saúde e que se encontram fragilizados e em virtude disso se tornam vítimas em potencial.

O marginal identifica um paciente que está em estado grave, geralmente em hospitais públicos atendidos pelo SUS, verifica qual é a doença e como está o tratamento e levanta os dados dos parentes mais próximos e faz contato com os familiares se passando por médico, onde diz que a situação do paciente piorou e que infelizmente o hospital não tem como dar o tratamento adequado porque não dispõe dos medicamentos que seriam necessários para que ele pudesse melhorar e até mesmo sarar e diz que a expectativa de vida do paciente diminuiu muito e que é para a família se preparar para o melhor.

Diante de tal informação o desespero toma conta dos familiares e aí fazem a pergunta que o marginal estava esperando “O QUE PODEMOS FAZER ENTÃO?”.

Aí começa a parte final do golpe, pois o marginal diz que tem acesso a um medicamento revolucionário, mas que não tem como ser oferecido pelo hospital ou até mesmo pelo plano de saúde, pois é experimental e como as pessoas fazem qualquer coisa para salvar seu ente querido, dizem que mesmo que seja experimental mas se com esse medicamento há uma esperança querem experimentar.

Então o marginal diz que tem como providenciar mas que como o caso é muito grave tem que ser aplicado rapidamente e que para conseguir o medicamento a família tem que depositar imediatamente o valor que já foi negociado com a família.

Somente após pagar e ir procurar o falso médico é que vão perceber que caíram num golpe. O que podemos fazer é quando tiverem contato com amigos ou familiares que estejam com pessoas doentes, comentem sobre esse golpe e digam que antes de tomar qualquer iniciativa que tenham que pagar, se informem no hospital diretamente e verifiquem, pesquisem e se informem para não serem enganados.

E nunca esqueçam prevenir é sempre o melhor remédio.

Para acessar outras dicas acesse www.coronelcosta.com.br.