A internet se tornou algo que já faz parte do dia a dia da grande maioria da população e o número de usuários vem aumentando numa velocidade impressionante.

E da mesma velocidade as pessoas acabam por expor suas vidas pessoais nas redes sociais.

E não são raros os casos de pessoas má intencionadas que ficam “navegando” nas redes sociais a procura de vítimas.

Geralmente são mulheres de meia idade que demonstram através de suas publicações que estão “solteiras” e que possuem uma renda financeira que interessa para o observador.

A grande maioria dos que estão nas redes sociais atrás de suas “vítimas” usam perfis falsos, os famosos “fakes”, onde criam personagens e postam fotos de alguém que seja interessante e possa vir a interessar suas vítimas.

Aí começam o contato e tentam seduzir suas vítimas com palavras amorosas e demonstrações de carinho, e se a pessoa se encontra carente, acabam por entrar no papo do malandro.

Após conseguir a atenção e o interesse da vítima, começam a demonstrar que tem posses, e são muito bem de vida, ostentando fotos (geralmente montagens) em viagens, restaurantes e passeando em carros luxuosos.

Quando percebem que sua estória colou, passam para a fase onde planejar um encontro, pois o malandro sempre mora em outra cidade ou em outro país, mas sempre longe da vítima para evitar que ela queira ir até ele.

Após acertarem o encontro onde ele por ser “um cavalheiro e apaixonado” é quem virá ao encontro de sua “amada”.

Nessa etapa do relacionamento é que acontece realmente o golpe, onde ele tem sempre um problema quando chega ou durante a viagem, sendo assaltado e seus cartões serem danificados, e solicita gentilmente que a sua vítima lhe ajude nessa hora de necessidade, mas que irá “recompensá-la” devolvendo o valor emprestado e com muito amor e geralmente manda a foto de uma joia que está trazendo de presente que tem um valor muito superior a “pequena” quantia que está pedindo para sanar uma emergência.

Ao depositar o dinheiro o apaixonado some e a vítima se dá conta de que caiu em um golpe.

Nunca esqueçam, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Caso tenham dúvidas ou sugestões, entrem em contato através do e-mail [email protected]