Estamos num período onde todos tendem a relaxar e procurar aproveitar principalmente ao lado dos filhos que estão de férias ou de amigos, isso é um direito de todos, mas o que não podemos é deixar em segundo plano a nossa segurança e a de nossos entes queridos.

Como exemplo, cito uma pessoa conhecida que estava passeando com o filho a noite e parou para comprar um cachorro quente e teve seu veículo roubado por um assaltante que apontou uma arma para ela e para o seu filho de três anos.

Além do prejuízo, o trauma da violência sofrida contra si e contra seu filho.

O que fazer?

Aproveitem as férias, mas evitem parar com o carro em locais pouco iluminados ou que saibam não ser um local seguro, afinal todos conhecem as áreas perigosas na região onde moram e como a grande maioria dos passeios são em locais conhecidos, isso irá facilitar para escolher os locais onde irá passear e assim aumentar sua segurança e de seus familiares ou amigos que estiverem com você.

Ao sair com o carro, principalmente a noite e ver que o sinaleiro a sua frente fechou, reduza a velocidade e procure com isso ao chegar no cruzamento, estar praticamente na hora do mesmo mudar para verde, assim você irá ficar menos tempo parado e exposto a um assalto.

Ao chegar ou sair de casa preste atenção se não há ninguém suspeito nas proximidades do seu portão, se perceber algo suspeito, de mais uma volta na quadra e se continuar inseguro, ligue para a polícia informe o que está ocorrendo e se for uma carro que está lhe causando esta desconfiança, procure anotar a placa para que a polícia possa verificar se o carro é ou não roubado.

São dicas simples, mas que se bem utilizadas com certeza diminuirão e muito o seu risco de ser assaltado.

Nunca esqueça PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Para ver outras matérias, acesse www.coronelcosta.com.br