Imagem ilustrativa

FALSO SEQUESTRO, apesar de ser um tema antigo o problema é muito atual, e continua fazendo vítimas.

E como sempre a grande maioria das ligações são originadas de dentro dos presídios, e agora com a melhora dos planos de telefonia celular com ligações ilimitadas, os golpistas nem pedem mais créditos, mas sim depósitos em dinheiro, já que conseguem falar o mês todo com um baixo custo.

Então vamos relembrar como agem os golpistas.

Em muitos casos os golpistas ligam antes para conseguir informações das vítimas, onde através de um bom papo vão anotando as informações que acham interessante saber para aplicar o golpe.

Ai no dia do golpe ou eles tem as informações já anotadas ou conforme flui a conversa vão usando as informações das vítimas que sob pressão psicológica acabam por revelar detalhes do suposto sequestrado sem perceberem.

Outra dica que devem sempre lembrar, é que se for um falso sequestro o golpista fará pressão para que a vítima não desligue o telefone, pois assim não terão condições de verificar se o suposto refém não está em segurança e dessa forma acabar com a tentativa de extorsão.

Outros golpistas estão ligando dizendo que um parente se envolveu em um acidente, que está em estado grave, e que precisa realizar uma cirurgia e que necessita emprestado um certo valor em dinheiro e da mesma forma insiste para que a pessoa não desligue o telefone.

Ou, ligam dizendo serem netos ou sobrinhos distantes e que estão com o carro na rodovia estragado e pedem que transfiram um dinheiro para os socorrer.

Ligam, ligam e ligam até ligarem para uma pessoa que tenha o perfil que se encaixe no golpe, e aí conseguem através da pressão psicológica extorquir as vítimas.

Então se forem vítimas de uma ligação com esse teor, mantenham a calma e desliguem o telefone, o qual devem observar o código de origem, e perceberão que se trata de ligações geralmente de outros Estados.

E nunca esqueçam, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Encaminhem suas dúvidas para [email protected]