Todos começamos o ano com a esperança de um ano melhor, mas o que vemos nos noticiários continua sendo as mesmas notícias do ano anterior: roubos, assassinatos, violência e mais violência.

E quem mora em condomínio, que até pouco tempo era considerado uma opção segura para se viver, tem enfrentado nos últimos anos um aumento de furtos e roubos e em alguns casos até de agressões durantes esses assaltos.

condominios(Foto: EBC)

E para piorar a situação, a crise financeira está deixando a cada dia mais caro o custo dos condomínios, e o que mais aumentou esse custo foram os investimentos que tiveram que ser feitos para aumentar a segurança e tentar dar um pouco de tranquilidade aos que lá moram.

Uma opção que tem se mostrado muito eficiente e econômica é a contratação de monitoramento da portaria sem o porteiro, onde todo o controle se faz através de uma empresa de segurança.

O morador ao chegar tem seu acesso controlado por biometria e os visitantes e prestadores de serviço tem o acesso liberado somente após serem identificados por três níveis de segurança: Biometria, Foto do rosto e Foto de um documento de identificação.

Assim, qualquer pessoa que for acessar ao condomínio estará totalmente identificada e com acesso totalmente controlado, o que não acontece com o sistema de portaria convencional.

Os veículos para acessarem a garagem do condomínio são identificados por “tags” que são adesivos colocados no parabrisa do carro e somente o veículo que tem esse adesivo e é cadastrado pode entrar, ou seja, não tem como alguém emprestar um controle da garagem e entrar com o controle emprestado, que é o que ocorre normalmente.

Outra grande vantagem é que esse sistema custa em média 50% do custo de uma portaria convencional.

Em Curitiba está a sede de uma dessas empresas que oferecem essa tecnologia para as empresas de segurança, que é a Portaria Sem Porteiro. Para os que se interessarem em conhecer essa tecnologia acessem o site www.portariasemporteiro.com.br

E nunca esqueçam, PREVENIR é sempre a melhor opção.

Para ver outras matérias acesse www.coronelcosta.com.br