Apesar de ser um equipamento de segurança que está presente em todos os veículos, algumas pessoas ainda acham que o seu uso é desnecessário.

O que muitos não percebem é que a simples decisão de usar ou não o cinto de segurança, pode representar a diferença entre a vida ou a morte no caso de um acidente, e que muitas pessoas perdem a vida em acidentes onde o veículo no momento do acidente está em baixa velocidade, mas que pela falta do uso do cinto de segurança no momento da colisão o deslocamento do corpo do ocupante resulta em lesões graves, sequelas permanentes e em alguns casos até levando à morte em decorrência dos traumatismos.

Os novos motoristas por terem sido criados já com a legislação da obrigatoriedade do uso do cinto de segurança, em sua grande maioria o usam, mas mesmo assim é fundamental sempre reforçar não a obrigatoriedade, mas a segurança proporcionada pelo seu uso.

Outro equipamento que todos os veículos possuem e que muitos não sabem como usar corretamente é o triangulo de sinalização, e o que vemos frequentemente quando um veículo para por um problema mecânico ou em decorrência de um acidente é o uso apenas do pisca alerta para indicar que o veículo está parado na via.

O correto é ao ficar com o veículo parado na via colocar o triangulo de sinalização atrás do carro.

Mas qual a distância que deve ser colocado o triângulo de sinalização?

O forma correta é em primeiro luga ver a velocidade da via. Exemplo, via com velocidade de 60 km por hora. Devem ser dados 60 (sessenta) passos a aí colocar o triangulo, ou seja, um passo para cada quilometro permitido, pois dessa forma os outros veículos conseguem visualizar com antecedência e desviar com muito mais segurança ao contrário do que ocorre quando o veículo está apenas com o pisca alerta ligado.

E nunca esqueçam prevenir é sempre o melhor remédio.

Para acessar outras dicas acesse www.coronelcosta.com.br