O uso da biometria, que até a poucos anos atrás era visto apenas em filmes como um recurso de alta tecnologia, hoje já tem uma utilização muito ampla e com preços acessíveis.

Não é raro vermos portas de residência com fechaduras com abertura por biometria.

E a cada dia o seu uso está sendo ampliado. Um segmento onde o uso da biometria ainda não está tão difundido, mas com certeza logo estará aderindo a essa tecnologia, são os condomínios residências, pois nos comerciais o seu uso já está bem mais difundido.

A grande vantagem do controle e da liberação do acesso ao condomínio quer seja dos moradores, dos visitantes, prestadores de serviços ou funcionários através da identificação biométrica é o aumento do nível de segurança, porque a digital é um dos métodos mais seguros para identificação e isso faz aumentar consideravelmente o padrão de controle de todos que acessem a área interna do condomínio, além de, se manter essa identificação em arquivo em um banco de dados, o que possibilita uma melhor identificação sobre qualquer fato que venha a ocorrer e que se necessite verificar a autoria.

A tecnologia está avançando a uma velocidade impressionante e o que era muito caro a pouco tempo, hoje já está acessível a uma boa parcela da sociedade. Isso somado aos aumentos constantes no custo de vida está fazendo com que os hábitos sejam mudados e o uso da tecnologia venha a ser usado para substituir em muitos casos funcionários, se conseguindo com essas mudanças uma melhora do nível de desempenho e uma redução significativa nos custos fixos, em particular nos condomínios, onde o “peso” dos funcionários é um dos itens que mais encarece o valor do condomínio a ser pago mensalmente.

Nunca esqueça PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Para ver outras matérias, acesse www.coronelcosta.com.br