Imagem ilustrativa

Isto é um assalto!

As pessoas que são vítimas de marginais, em muitos casos são ameaçadas com armas de brinquedos, que são definidas legalmente como “simulacros”, mas para quem está sendo ameaçado com uma arma apontada em sua direção, na maioria das vezes não consegue perceber a diferença entre uma arma de brinquedo e uma de verdade, e independente de qualquer coisa ele é uma vítima da violência e de um criminoso.

Mas perante a lei, a diferença é grande, pois se ele estiver com o simulacro, irá responder apenas pelo roubo, pois portar uma arma de brinquedo não é crime, ou seja, os marginais se aproveitando da legislação malfeita, usam dessas armas, para caso sejam presos não terem que responder pelo porte de arma.

Para entenderem melhor, uma pessoa presa pelo roubo, poderá receber uma pena de reclusão de 04 a 10 anos, mais multa.

Se for preso pelo roubo, mais o porte de arma sem autorização, além da pena de 04 a 10 anos, terá ainda um acréscimo, de um terço até metade da pena, podendo ser preso de 06 a 15 anos.

E no caso de ser abordado pela PM antes de cometer o crime, nada lhe acontecerá, pois, portar uma arma de brinquedo não é crime e assim o marginal não corre o risco de ser preso.

Essa falha na legislação faz com que os marginais usem a cada dia, mais armas de brinquedo para cometerem seus crimes, pois andam livremente e sem nenhuma preocupação com a polícia enquanto procuram suas vítimas.

O que fazer? NADA, pois como explicado, é muito difícil perceber a diferença entre uma arma de verdade e uma de brinquedo, basta olhar a foto da matéria, que é uma arma de brinquedo, e não vale a pena colocar sua vida risco, por isso não reaja, a vida vale mais que um bem material, independente da raiva e frustração que a pessoa possa sentir ao ver o fruto de seu trabalho ser roubado e ter que ficar impotente.

E nunca esqueçam, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Para sugestões de pauta enviem e-mail para [email protected]