Hoje falarei sobre aquaplanagem

É comum vermos nos noticiários relatos de acidentes ocorridos em períodos de chuva, onde os motoristas relatam que perderam o controle do veículo pelo excesso de água na pista, onde os danos em muitos casos resultam não apenas em danos materiais, mas em perda de vidas.

Esse excesso de água nas ruas ou nas rodovias, recebem a denominação de aquaplanagem, que é quando uma camada de água na pista impede o contato do pneu com o asfalto.

Nesses casos é importante tomar alguns cuidados.

Ao transitar durante uma chuva de grande intensidade é primordial observar o veículo que vai a frente, mantendo uma distância segura e caso perceba que o rastro deixado pelo pneu se fecha rapidamente, isso significa que há um grande risco de ocorrer aquaplanagem, por isso reduza ainda mais a velocidade do seu veículo.

FOTO DE DE UM CARRO ANDANDO NA CHUVA ATRÁS DE OUTRO MANTENDO UMA DISTÂNCIA SEGURA

Mas nos casos de aquaplanagem, a primeira reação dos motoristas é tentar sair da aquaplanagem alterando a direção do veículo, mas isso é um erro, pois independente do movimento que se fizer no volante, o veículo continuará em linha reta, porém, ao sair da aquaplanagem e o pneu voltar a ter contato com o asfalto, o veículo irá para a direção que estiver virado o volante e é aí que ocorrem os acidentes.

FOTO DE UM CARRO EM AQUAPLANAGEM

Então para sua segurança, ao perceber excesso de água na pista diminua a velocidade e se seu veículo aquaplanar, simplesmente desacelere e mantenha o volante na mesma posição, assim ao retornar a aderência do veículo a pista, terá o controle do mesmo.

Mas para que essas recomendações possam ter um resultado satisfatório é fundamental que os pneus estejam em boas condições.

Se tiverem alguma dúvida ou alguma pergunta, as encaminhem para o meu e-mail[email protected]

* O Coronel Jorge Costa Filho é consultor em segurança. Formado em Administração de Empresas, tem doutorado em Segurança Pública. Profissional experiente, já comandou a Polícia Militar em Curitiba.