Começamos um novo ano, 2018 já é realidade, mas infelizmente na passagem do ano, não deixamos os problemas para trás, eles continuam presentes e em particular os que se referem à Segurança Pública.

E já no primeiro dia constatamos um grande número de crime e delitos serem cometidos e a sensação de impunidade pairando no ar.

Esse é um ano especial, pois iremos escolher a nível estadual os nossos representantes que serão o Governador do Estado que irá administrar nosso Estado e os Deputados Estaduais que irão ser os responsáveis pela elaboração de leis que com certeza irão ter reflexo direto em nossas vidas, bem como controlar as atividades do governador.

Em nível federal escolheremos o futuro Presidente do Brasil, Senadores e os Deputados Federais.

Então, antes de continuarmos apenas a reclamar que a situação está ruim, que a segurança está a cada dia pior, todos devem aproveitar esse ano para avaliar o desempenho de seus representantes legais e verificar se estão cumprindo com suas obrigações e se merecem ser reeleitos, se for o caso, ou avaliar novos candidatos para substitui-los.

E essa avaliação deve levar em conta se realmente estão fazendo algo sério e “concreto” ou apenas usando de seu cargo para fazer demagogia para enganar seus eleitores e garantir seu cargo

Nossa segurança depende de representantes com pulso firme e disposição para encarar os problemas e começar a tomar atitudes para que a população realmente percebe que a segurança está melhorando, ou que ao menos algo está sendo feito nesse sentido.

Reclamar é muito mais fácil que se posicionar, mas infelizmente, quem no final acaba pagando a conta somos todos nós.

Não há mais como ignorar e achar que a violência só afeta “nossos vizinhos”, pois os marginais estão mais violentos e mais abusados e ninguém está livre ou imune violência.

Se tiverem alguma dúvida ou sugestão, as encaminhem para [email protected]

E nunca esqueçam, prevenir é sempre o melhor remédio.