ocupa-assemEscola ocupada em Curitiba – Foto: Banda B

Um dos alunos que fazia parte das ocupações dos colégios em protesto contra a PEC que altera o curriculum das escolas, morreu esfaqueado por um outro aluno no interior do colégio.

Poucos dias depois tivemos a notícia de que ladrões invadiram outro colégio e roubaram todos os alunos.

Aí, aquela parcela da sociedade que apoiava esse movimento se calou, e aqueles que são contrários, conseguiram fazer suas vozes serem ouvidas.

Não vou entrar no mérito se as reivindicações são legítimas e corretas ou não, mas analisar o que vale mais. O direito dos alunos em terem suas aulas em dia para poderem concluir o ano letivo ou serem prejudicados por uma minoria que em muitos casos nem sabe direito pelo que está reivindicando?

A resposta mais sensata com certeza é que a decisão da maioria deve prevalecer, mas nem sempre isso é o que acontece, assim como vemos nesse caso. E isso se reflete em vários outros problemas que a população tem enfrentado no seu dia a dia nos últimos anos. A violência.

A população como um todo clama por uma melhora da estrutura de segurança pública e de mudanças na legislação para que possam ter uma vida mais segura e tranquila, mas uma minoria que gere o nosso país, nossos Estados e nossas cidades, em sua grande maioria atuam muito mais em proveito próprio do que em defesa daqueles que os elegeram.

A comunidade está as poucos se organizando para cuidar dos locais onde moram, para que, com seus vizinhos se estruturarem para por conta própria e melhorar a segurança de sua rua e até mesmo de seu bairro.

Enquanto isso, vemos escândalos em cima de escândalos e a sensação que temos é de estarmos abandonados a própria sorte.

Agora, em muitas cidades ainda temos a chance de escolher prefeitos. E é a hora de dar o primeiro passo para que ao menos nessas cidades que estão em segundo turno, escolher um representante que realmente possa fazer algo para melhorar a cidade.

E nunca esqueçam que a participação de cada um é fundamental para a melhoria do todo.

Para ver outras matérias, acesse www.coronelcosta.com.br