A cada novo ano ouvimos que o ano só começa após o Carnaval. Pois bem, o carnaval acabou e com ele os desafios de um ano que promete muita recessão, inflação, crise e muita noticia ruim. Obviamente que o meu posicionamento é sempre otimista, de muito trabalho. No entanto, o cenário é extremamente ruim para o nosso país.

atitudesQuero praticar um exercício com você. Vamos pensar em tudo que fazemos durante as 24 horas de nosso dia. Você acorda, alguns tomam banho, outros não. Escovam os dentes, ligam o radio e a televisão, tomam café. O trabalho espera, seja de carro, ônibus ou ate mesmo a bicicleta. Bom, em menos de uma hora nós já impactamos o Planeta e muito.

Pense que em tudo que você fez nesse período e em todo o resto do dia, no quanto você pode reduzir o seu consumo de água, energia, insumos, gasolina e afins. Nós somos aquilo que acreditamos, aquilo que praticamos. Somos o reflexo de nossa educação, cultura e ambiente em que estamos inseridos. Podemos ser melhor sempre, basta uma atitude.

Não quero aqui que você seja radical e não consuma mais nada. Pelo contrário, meu desejo de que você e os seus tenham uma qualidade de vida e que as gerações futuras tenham água, ar puro e tudo de bom que nosso Planeta nos oferece. Reduza em pelo menos 20% o que você consome. Desta forma com toda a certeza nós teremos uma vida melhor. Ser sustentável nos torna apto a desfrutar e viver em um mundo melhor. E alem disto, reduzindo o consumo, seu bolso agradece. Imagine que em média é possível uma redução de pelo menos R$50,00 ao mês em uma família com renda media de R$1.500,00 ao mês. Seja feliz e que se ano seja sustentável.

* Evandro Razzoto é professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas.