desastres

Não é de hoje que se fala sobre a preocupação com as mudanças climáticas, secas, enchentes, furacões, incêndios e temperaturas extremas crescem a cada dia. De 1970 a 2012 são mais de 1,94 milhão de mortes e um custo de 2,3 trilhões de dólares. Isto é impressionante.

Só na América do Sul, 696 desastres resultaram em 54.995 vidas mortas e 71,8 bilhões de dólares em prejuízos econômicos. As enchentes são a maior causa de mortes. No entanto, os problemas se tornam uma cadeia e cenários ondem levam as pessoas a morte, não apenas por isto, mais pelo fato de que o impacto com os problemas respiratórios e afins, tornam o problema ainda maior.

Na Europa, ao todo, 72.210 pessoas morreram durante a onde de calor infernal que atingiu a Europa em 2003 e outras 55.736 foram a óbito durante a onda de calor de 2010 na Russia.

Os números são absurdos, os chamados Refugiados Ambientais, que crescem a cada dia. Não apenas por morarem em áreas de invasão ou a beira dos rios e encostas , bem como nos morros e afins. O mais preocupante é que as pessoas não estão preocupadas com isto e pior, o governo em todos os níveis não possui ações relevantes para prevenir tais desastres e problemas. Tenho a certeza de que bons projetos existem, mais o fato é que nada se faz de forma preventiva, apenas quando os desastres ocorrem.

Desta forma, os custos aumentam a cada dia e certamente os problemas serão ainda maiores no longo prazo. Se podemos fazer algo, certamente o momento é agora. Pense e reflita sobre o que é possível ser feito, sobre o que você pode fazer neste dia, nesta semana, neste ano. Um Planeta melhor depende de cada um fazer a sua parte.

 * Evandro Razzoto é professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas