A Organização Mundial da Saúde(OMS) divulgou que a mudança climática é uma ameaça para a saúde, já que trás certas doenças, solicitando aos governos para desenvolverem políticas para reduzir a emissão de gases do efeito estufa. Eu mesmo já alertei aqui sobre os problemas graves de saúde em virtude de tais problemas, em especial em relação as questões respiratórias. O alerta além de pertinente, deve ser tratado com muita seriedade, não apenas pelos governantes, mais em especial por nós.

co2Segundo a OMS, a mudança climática poderá causar diretamente 250.000 mortos por ano a partir de 2030, como consequência, entre outras coisas, da malária, da má nutrição, malária e diarréia. O fato é que se algo não for feito, possivelmente um efeito dominó se instalará no Planeta em virtude do impacto imenso que este cenário pode causar.

É importante separarmos bem as questões a serem analisadas, discutidas e executadas em relação ao tema. Em primeiro, a mobilização dos governos em desenvolver metas de longo prazo na redução das emissões de CO2. Alem disto, mesmo parecendo óbvio, com ações propostas para reduzir o impacto ambiental, certamente os governos irão economizar com custos da saúde. Isto é um fator de saúde preventiva, como por exemplo o saneamento básico. Mesmo parecendo obvio, me parece que investir nestas questões não da voto, o que para a maioria dos governantes não gera interesse em suas gestões.

Como eu havia dito em outro artigo anteriormente, a poluição causa muita morte e problemas respiratórios. Acredita-se que pelo menos sete milhões de mortes ao ano são causadas pelo impacto da poluição, do ar e de outros fatores referentes ao impacto ambiental.Certamente nós teremos ao nosso lado com familiares, colegas de trabalhos e amigos, pessoas vitimas. E a culpa de quem é? A culpa é minha, é sua, é nossa.

Temos que nos mobilizar, temos que cobrar dos governantes ações para que tenhamos uma melhor qualidade de vida em nosso Planeta. Mais o importante é que, como tenho visto e muito, que as pessoas parem de poluir, de jogar lixo na rua, de contaminar os rios, de mudarmos nossos dias, nossa cultura, nossas atitudes em busca de um Planeta melhor.

* Evandro Razzoto é professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas.