bitucasNão é de hoje que as bitucas são parte da paisagem das cidades. Parece tão inocente, incapaz de causar qualquer dano. O fato é que as bitucas de cigarro além de causar um grande dano,demonstra que a nossa sociedade não está preparada para o futuro civilizado e consciente. Mas por que um pequeno lixinho causa tantos problemas?

O mais novo esporte de nossa sociedade,o “lançamento de bitucas” é um dos esportes mais praticados por fumantes no Brasil. No entanto, esse resíduo aparentemente pequeno pode causar grandes danos ambientais e deve ser destinado corretamente, assim como os detritos recicláveis ou orgânicos.

Essas pequenas pontas de cigarro podem permanecer por até cinco anos na natureza até se decompor. Assim, mesmo que não entrem em contato com os recursos hídricos, os contaminantes podem atingir o solo ou prejudicar animais, que acabam se alimentando do material. Existe também a questão estética, já que é comum ver paisagens maravilhosas sendo estragadas por conta de bitucas jogadas no chão.

No entanto, a desculpa utilizada é de que não há lixeiras para destinar o lixo da bituca. Existem bituqueiras e outras alternativas que podem ser usadas para armazenar estes resíduos até que se encontre o local correto para o seu descarte. Uma das opções simples é reaproveitar tubos de filmes fotográficos, que manterão as bitucas vedadas e impedirão que o odor se espalhe pelas bolsas.

As bitucas quando entram em contato com a água podem se transformar em um grande vilão, juntamente com outros lixos e dejetos, as enchentes e afins.

Meu desejo de que sejamos consciente. Caso você fume, tenha consciência. Caso veja alguém jogando a bituca,oriente. Dificilmente teremos um Planeta melhor se as pessoas pouco estiverem preparadas para o mesmo. Conscientização, orientação e mudança de comportamento. É isto que precisamos fazer.

 * Evandro Razzoto é professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas.