A água é um bem muito precioso e necessário para a vida do ser humano. Não é de hoje que tem se falado em falta de água, racionamento, poluição dos rios, reutilização e afins. Com tudo isto, deveríamos obter melhores resultados, no entanto não é esta a realidade em que vivemos. Mais o que é possível ser feito para que a água não acabe, não seja cada dia mais escassa?

agua1Certamente que o poder público deveria estimular a reutilização da água, a reeducação ambiental na sociedade, a conscientização, bem como criar leis para que as construções sejam obrigadas a captar água da chuva e utilizar um sistema de reutilização de água. Neste sentido de alguma maneira as coisas poderiam melhorar.

Costumo dizer que em especial no Brasil, as pessoas somente mudam de atitude pelo bolso.O maior exemplo que temos é a utilização do cinto de segurança. Desta forma, o dia que pagarmos efetivamente pela água, quem sabe haja mudança de atitude e de comportamento. A mudança cultura precisa acontecer, mais infelizmente quando a torneira secar as pessoas irão repensar a forma de uso correto da água.

Meu desejo de que cada um repense o consumo da água. Imagine que se reduzirmos em pelo menos 10%, certamente já teremos uma melhoria e que esta seja continua. Desta forma teremos a água para uma melhor qualidade de vida. Sejamos conscientes em busca da atitude sustentável para que o nosso cenário seja melhorado. Que digam os moradores de São Paulo que passam pela falta de água. Este caos precisa ser evitado e este processo é de longo prazo.

Vamos brindar a água? Brindemos então!

* Evandro Razzoto é professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas.