Tanto se fala no aquecimento global. Aumento da temperatura, desastres ambientais e tantos outros problemas são apontados como fatores impactantes no Planeta. Desta vez os estudos apontam que alguns patrimônios mundiais podem ser engolidos, sumirem em virtude de tal fator.

Pesquisadores alemães alertam que, caso emissões de gases de efeito estufa continuem no ritmo atual, um quinto dos monumentos e locais protegidos pela Unesco desapareceriam nos próximos dois mil anos.

estatuaO aumento dos níveis dos mares devido ao aquecimento global pode levar, nos próximos dois mil anos, ao desaparecimento de mais de 130 dos cerca de 750 Patrimônios Mundiais da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), alerta um estudo divulgado nesta quarta-feira (05/03).

Segundo o estudo do Instituto de Pesquisa das Consequências Climáticas de Potsdam (PIK) e da Universidade de Innsbruck, patrimônios culturais como a Estátua da Liberdade, a Torre de Londres e o Centro Histórico de Olinda serão submersos caso a temperatura continue aumentando como no século passado e leve a uma elevação de 1,8 metro do nível dos mares.

“Se não limitarmos as mudanças climáticas, no futuro os arqueólogos terão que procurar uma grande parte de nossos patrimônios culturais no mar”, afirma o pesquisador Ben Marzeion, da Universidade de Innsbruck e um dos autores do estudo. “A temperatura global média aumentou cerca de 0,8 grau em comparação com a era pré-industrial.

Além disso, outros 36 países perderiam até 10% de sua área terrestre. Esse aquecimento atingiria também 7% da população mundial, afetando principalmente quem vive em China, Índia, Bangladesh, Indonésia e Vietnã.

Para o estudo, os pesquisadores analisaram, com ajuda de uma simulação no computador, o aumento do nível do mar nos próximos dois mil anos, levando em consideração consequências diferentes para cada região. Um aumento tão grande no volume do oceano, como o esperado, mudará até o campo gravitacional da Terra. Dessa maneira a elevação do nível do mar não será igual em todo o planeta.

Apesar dos estudos apontarem isto a longo prazo, certamente sofremos e iremos sofrer muito ainda em virtude do impacto ambiental que estamos causando em nosso Planeta. Não é possível que nós, seres humanos, estejamos tão omissos diante de tantos problemas. Uma consciência sustentável a todos.

 Evandro Razzoto é professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas