Imagem ilustrativa

Então é Natal… e contrariando a música da Simone (se você não lembrou é aquela que segue dizendo: “e o que você fez?”), não vamos voltar os olhos para um momento que já passou, mas olhar em frente. Então hoje o tema é: o que você, eu e todos nós vamos fazer para que o próximo Natal seja sensacional ou ainda mais sensacional?

Eu não sei como você se sente em relação a esta época do ano, mas para mim, mesmo aos 36 anos, é um momento que carrega em si imenso clima de esperança, de amor, de Fé, de união, de solidariedade, de alegria. No natal é como se tudo fosse possível! E eu acredito que é realmente um momento em que grandes milagres acontecem!

Talvez você pense de uma outra forma, talvez eu, Isabelle, tenha tido a sorte e o privilégio de ter uma família que sempre me ensinou que os presentes que gostaríamos de ganhar não eram o que mais importava e sim a união de todos, sempre cada um levando a parte que podia levar para uma linda e farta ceia ser possível (mesmo nos momentos mais apertados).

Além de compartilhar os alimentos, o Natal na minha família, sempre foi um momento de voltar nossos corações à Deus para agradecer, de lembrar do nascimento de Jesus e celebrar (obrigada queridos pai, mãe, meus avós que já não estão entre nós, dindas, tios, primos, sobrinhas e amigos por tantos belos ensinamentos e pelos que ainda irei aprender com vocês).

Agora, pensando aqui com meus botões, sei que algumas pessoas acham esta data muito voltada ao comércio, e até compreendo esse ponto de vista, mas acredito que a corrida pelos presentes também pode ser considerada uma coisa boa do Natal, pois ajuda muitas pessoas através da geração de empregos e do movimento positivo da economia como um todo. Muitos novos negócios nascem e conseguem se estabelecer graças ao volume de vendas do Natal. Para algumas famílias o dinheiro conquistado no Natal significa até 6 meses de comida na mesa.

Essa é a forma pela qual eu enxergo o mundo, com uma visão empreendedora sim, mas principalmente uma visão que vem de um coração cheio de esperança que mora em meu peito. E está tudo bem se você pensa de outra forma, eu respeito isso.

Seja como for, quero te convidar àquela primeira pergunta lá de cima, para você começar hoje a escolher as sementes dos frutos que irá colher no próximo Natal. Convido você a refletir em suas ações de hoje em diante com a luz que eu sei que existe dentro do seu coração, de permitir que ela possa brilhar em sua vida e refletir na vida das pessoas ao seu redor.

Desejo de coração que Papai Noel atenda ao menos um dos seus pedidos, aquele que fará realmente a diferença em sua vida (se você ainda não fez a lista dá tempo, corre lá).

E que Deus (ou aquilo em que você acreditar que está olhando por nós) abençoe sua vida, a da sua família e de todos aqueles que você ama!!! Um beijo no seu coração e um lindo e milagroso Natal!!

Hoje vou concluir diferente esse texto, não vou dizer “me acompanhe e empreenda sua vida”, vou deixar uma declaração:

Eu acredito em milagres e convido você a se permitir acreditar também.

Quero te contar uma última coisa. Hoje me emocionei ao escrever esta “carta de Natal”, meu coração se encheu de luz, e como diz meu mentor Geronimo Theml: o bem nunca pára, então vamos juntos propagar luz para o mundo! Combinados?

Gostou do texto de hoje? Manda um e-mail para mim, será um lindo presente de Natal, pois eu fico realmente feliz em receber as mensagens de carinho de cada um.

Pode enviar também sua dúvida ou comentário, quem sabe posso fazer dela o tema de um artigo do blog!

Contato: [email protected]

Ou pelo instagram: @isabellefeichas

#natal #feliznatal #empreendasuavida #empreendedorismo #empreendacombrilho #papainoel #euacredito

Fonte: meu coração